Caxirola é proibida na Copa das Confederações

Herdeira da vuvuzela, instrumento musical que fez sucesso na Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, a brasileira caxirola está vetada para a Copa das Confederações e não poderá ser usada nos estádios do evento, disse nesta segunda-feira o gerente-geral de segurança do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL), Hilário Medeiros.

 A decisão de proibir a caxirola entrará em vigor a partir do próximo domingo, quando a Fifa realiza seu último evento-teste antes da Copa das Confederações, o amistoso Brasil x Inglaterra, no Maracanã.

Segundo Medeiros, a proibição foi definida em conjunto pelo governo federal, COL e Fifa depois da confusão ocorrida em um evento-teste na Arena Fonte Nova, em Salvador, em abril.

Torcedores do Bahia irritados com o desempenho do time diante do rival Vitória lançaram o instrumento no gramado. A partida precisou ser interrompida e os próprios jogadores tiveram que retirar os objetos do campo.

Candidatos no Enem superam 6 milhões

No último dia de inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013, o número de candidatos chegou a 6.342.250 no fim da manhã de hoje (27). O total de inscritos já é maior que o do ano passado, com 5.971.290 candidatos, e superou também a expectativa inicial do Ministério da Educação para essa edição, que era de aproximadamente 6,1 milhões de inscritos.

As inscrições para o Enem terminam às 23h59 de hoje e podem ser feitas pelo site do exame. As inscrições devem ser pagas até a próxima quarta-feira (29) e a confirmação só ocorre após o pagamento. As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro em todos os estados e no Distrito Federal.

A nota no exame pode ser usada para classificação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior e também para concorrer a vagas em instituições privadas de ensino, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). Uma boa avaliação no Enem é também requisito para conseguir bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio podem fazê-la por meio do Enem. Eles devem pedir, no ato da inscrição, que o resultado do exame seja usado para a certificação.

Angelina Jolie passa por mastectomia para evitar câncer

A atriz Angelina Jolie se submeteu a uma dupla mastectomia para reduzir os riscos de desenvolver câncer de mama e espera que seu caso inspire outras mulheres que enfrentam a doença.

Em artigo publicado nesta terça-feira no jornal The New York Times, Jolie disse que a operação lhe permite afirmar com mais certeza aos seus seis filhos que ela não irá morrer jovem por causa da doença, como aconteceu com sua própria mãe, vitimada por um câncer aos 56 anos.

"Sempre falamos da 'mamãe da mamãe', e eu me vejo tentando explicar a doença que a levou de nós. Eles perguntaram se o mesmo pode me acontecer", escreveu Jolie, de 37 anos. "Eu sempre disse a eles para não se preocuparem, mas a verdade é que carrego um gene 'defeituoso'."

A premiada atriz disse que seus médicos estimaram em 87 por cento o risco de ela desenvolver câncer de mama e em 50 por cento o risco de câncer de ovário.

"Quando soube que essa era a minha realidade, decidi ser proativa e minimizar o risco o tanto quanto eu pudesse. Tomei a decisão de fazer uma dupla mastectomia preventiva", afirmou.

Seu companheiro, o também ator Brad Pitt, ficou ao lado de Jolie durante os três meses de tratamento, encerrados no fim de abril, disse ela. O casal ficou noivo no ano passado.

"Tendo testemunhado esta decisão em primeira mão, acho que a escolha de Angie, assim como tantas outras como ela, é absolutamente heroica", disse Pitt ao jornal londrino Evening Standard.

Ouvidoria constata degradação e abusos em prisões do Brasil

Relatórios da ouvidoria do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) constataram indícios de irregularidades como degradação de instalações, abusos contra presos, superlotação, falhas no atendimento de saúde e falta de segurança em 56 inspeções realizadas em unidades prisionais brasileiras no ano de 2012.

Os problemas foram encontrados em presídios, penitenciárias, colônias agrícolas, hospitais de custódia, entre outras unidades, inspecionados nos Estados do Acre, Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Sul. As unidades inspecionadas representam menos de 5% do total do país.

Em 70% delas (38), técnicos do governo federal e representantes do Judiciário constataram rachaduras e infiltrações em paredes, além de fiações aparentes, celas sem ventilação e problemais hidráulicos nos edifícios prisionais – muitos deles construídos há décadas.

Uma das irregularidades estruturais mais evidentes foi constatada pelos técnicos no Presídio Regional de Patos, na Paraíba, onde a urina produzida por presos de uma unidade masculina gotejava nas celas do pavimento inferior – onde dormiam detentas com crianças recém-nascidas.

Sobre outra unidade do mesmo Estado, o "complexo 'Serrotão'", na região do município de Campina Grande, os técnicos disseram que o local "fica ao lado de uma pedreira e, sempre que há explosões nela, as paredes das celas trincam, eis que são muito frágeis e velhas".

Helicóptero da Polícia Civil cai na zona norte do Rio de Janeiro


Acidente perto do Complexo do Caju deixou cinco agentes feridos, sendo um com gravidade.
Um helicóptero da Polícia Civil caiu perto do Complexo do Caju, na zona norte do Rio de Janeiro, por volta das 15h40 desta quinta-feira (2). Cinco agentes ficaram feridos.

Cláudio Cobo Fernandes foi levado de helicóptero pelo Corpo de Bombeiros em estado grave para o Hospital Municipal Miguel Couto. Os outros quatro policiais seguiram de ambulância para o Hospital Municipal Souza Aguiar. São eles os inspetores Marcos Estaca da Silva Nunes e Disney da Silva Ribeiro Lopes Júnior, o piloto Ricardo de Resende Herter e o copiloto Murilo Cesar da Silva Saibro

Segundo a Polícia Civil, os agentes participavam de um treinamento no momento do acidente. Peritos descartam a possibilidade de a queda ter sido provocada por tiros disparados por criminosos. Nenhuma perfuração de bala foi encontrada na lataria.

Anão Marquinhos provoca argentinos durante jogo entre Boca e Corinthians e quase apanha

Assistente de palco do Balanço Geral foi a restaurante vestido com a camisa do Timão.
O anão Marquinhos quase se deu mal por provocar os torcedores argentinos que assistiram à partida entre Boca Juniors e Corinthians em um restaurante, na noite de quarta-feira (1º). Vestido com a camisa do Timão, a estrela do programa Balanço Geral, da TV Record, irritou os fãs do rival do alvinegro e por pouco não apanha.

Anão entrou no restaurante vestido com uma camisa do Corinthians e revoltou os argentinos que assistiam tensos à partida.

Depois de quase apanhar, Marquinhos se redimiu trocando a camisa do Timão por uma da seleção argentina, deixando o clima mais amistoso com os “hermanos”.

Veja a aventura de Marquinos no vídeo abaixo.


Patrocinadora do Palmeiras negocia para ver seu nome nos jogos da TV brasileira


Allianz e parceiros do Verdão pregam mudança de postura das emissoras.
Quem acompanha jogos no Brasil pela televisão já está acostumado a não ouvir o nome de patrocinadores dos times, seja no futebol, vôlei, basquete, entre outros. A dinâmica, incomum no exterior, está prestes a mudar, pelo menos no que depender do Palmeiras e da Allianz, empresa que assegurou o naming rights e dará nome ao novo estádio do clube.

Durante o evento que oficializou o acordo entre a seguradora alemã, o clube, além da WTorre (responsável pela construção da arena) e a AEG (que irá gerir o calendário do local), realizado na manhã da última segunda-feira (29) no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo, o R7 questionou todas as partes acerca do espinhoso tema.

Segundo o presidente palmeirense Paulo Nobre, a nova imagem do clube a partir da sua nova arena, o que ele chamou de “Palmeiras do século 21” passa justamente por adequações à realidade atual, com inspiração no que se faz no esporte fora do País. E a exposição dos patrocinadores e parceiros é uma delas, de acordo com o cartola.

— No que cabe ao clube, vamos conversar com as emissoras. Garanto que vamos ter o nome da Allianz tem todos os nossos comunicados oficiais, sempre vamos nos referir ao estádio com o nome da nossa parceira. Creio que seja algo que veio para ficar, é uma questão de adequação.