Chuva leva 44 cidades de MG a situação de emergência


A Coordenadoria de Defesa Civil Estadual de Minas Gerais informou, em boletim divulgado na manhã deste sábado, que chega a 44 o número de municípios em situação de emergência em razão das chuvas que atingem o Estado. Outras 57 cidades também sofreram alguns estragos, mas não chegaram a decretar estado de emergência.

O total de pessoas desalojadas chega a 9.365 e os desabrigados somam 404. Pelo menos 75 pontes foram destruídas pelas enxurradas e erosões. Duas pessoas morreram até o momento neste período chuvoso. No dia 28 de outubro, em Reduto, Admardo Pereira, de 43 anos, foi atingido por um eucalipto derrubado pelos fortes ventos quando trafega de bicicleta numa estrada vicinal.



Em 19 de novembro, na cidade de Governador Valadares, Poliane Alves de Oliveira, de 27 anos, foi arrastada pela enxurrada às margens do córrego Figueirinha, afluente do Rio Doce. Chega a quase 2,2 milhões o número de pessoas afetadas de algum modo pelas chuvas.

Neste fim de semana, o tempo segue instável e com chuva, em Minas Gerais. Este sábado será nublado com chuvas, várias delas em forma de pancadas, com perspectiva de maior volume acumulado no Triângulo Mineiro e oeste do Estado. No domingo, 1, a tendência é de muita chuva em todas as regiões mineiras devido à formação de uma área de baixa pressão próxima ao litoral do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário