Adolescente de 16 anos mata tio durante velório do avô em Capão da Canoa (RS)


Um adolescente de 16 anos foi apreendido na tarde dessa segunda-feira (26) depois de se entregar à polícia, no Rio Grande do Sul. O menor é suspeito de matar o próprio tio no enterro do avô, na sexta-feira (23), em Capão da Canoa (135 km de Porto Alegre), no litoral norte gaúcho.

Conforme testemunho de familiares, o rapaz vinha há mais de um ano alimentando rixas com a família, especialmente com os primos. Adotado na infância, ele começou a usar drogas na adolescência e constantemente era visto armado. Teria, inclusive, histórico de agressões à própria mãe, o que despertou revolta da família.

Na sexta-feira à tarde, durante o enterro do avô, o rapaz chegou ao cemitério portando uma arma de fogo. Ao notar a presença do sobrinho armado, Fernando Alex Oliveira de Matos, 38 anos, tentou intervir. Em luta corporal, Matos levou um tiro e caiu.

“Mas conforme o relato das testemunhas, depois que o tio estava caído, ele [o menor] efetuou mais disparos, o que tomou contornos de execução", afirmou a delegada Walquiria Meder. Matos foi atingido por três tiros, um deles na cabeça. Após o crime, o menor fugiu do local, mas acabou se apresentando nessa segunda-feira. Ele não possuía passagens pela polícia.

Legítima defesa 
Informalmente, o adolescente disse na delegacia que agiu em legítima defesa. Nessa segunda-feira foi decretada sua internação provisória na Fase (Fundação de Atendimento Socioeducativo), em Porto Alegre.

A polícia encaminhará um procedimento de apuração de ato infracional à Justiça - o equivalente a um inquérito policial -, que deve ordenar uma medida socioeducativa, como a internação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário