Mulher tem corpo queimado no RS; vítima acusa o companheiro


Uma mulher de rua de 37 anos teve parte do corpo queimado no município de Caxias do Sul, região nordeste do Rio Grande do Sul, na manhã de sábado (10). 

De acordo com os policiais, ela acusa o companheiro, que também é morador de rua, de ter praticado o crime. O caso aconteceu na rua Marechal Teodoro da Fonseca, na altura do número 1693, no bairro Panazzolo, região sudoeste. Por volta das 7h53, a mulher deu entrada no pronto-socorro do Hospital Pompéia, no centro, com queimaduras no abdômen, pernas e ombros, de acordo com o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública).

A mulher acusou o companheiro de ter jogado um tipo de líquido inflamável no corpo dela e, na sequência, ateou jogo, informaram os policiais do CRPO/Serra (Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Serra).

O hospital não informou a gravidade das queimaduras e nem o estado de saúde da mulher. De acordo com o CRPO/Serra, o acusado não foi localizado pelos policiais e a moradora de rua tem diversos antecedentes criminais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário