Aos 78 anos, morre o ator Adriano Reys

O ator Adriano Reys morreu na manhã deste domingo, vítima de câncer no fígado e no peritônio. Ele tinha 78 anos e estava internado há 15 dias no Hospital Copa D'Or, na Zona Sul do Rio. 

Com um câncer classificado como agressivo, Adriano Reys foi submetido a quimioterapia há três anos, mas vinha enfrentando problemas de saúde e chegou a ser internado, em outubro deste ano, com pneumonia.

Adriano Reys nasceu no Rio de Janeiro, em 20 de julho de 1934. Começou sua carreira no cinema em 1953. Entre os filmes que participou estão Os Três recrutas, É pra casar?, Dupla do barulho, Malandros da quarta dimensão, Leonora dos sete mares, Angu de caroço, O golpe, Aí vamos cadetes, As sete Evas, No tempo dos bravos, Os apavorados, Garota de Ipanema.
O ator também tinha extensa carreira na televisão, trabalhando na TV Tupi, Globo, Bandeirantes e Record. 

Participou de A Viagem, Éramos Seis, O Preço de um Homem, Mulheres de Areia, Menino do Rio, Vale Tudo, Ciranda de Pedra, Ti-Ti-Ti e A Lua me disse, entre outras novelas. Seu último trabalho na televisão foi em Promessas de Amor, pela Record.

O velório será das 14h às 18h deste domingo, na capela 2 do Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul. O corpo do ator será cremado daqui a quatro dias, no Crematório do Caju, na Zona Portuária. Adriano Reys não deixa filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário