Chega ao fim primeiro dia de júri de Lindemberg


Lindemberg Alves Fernandes, de 25 anos, é visto no banco dos réus nesta segunda-feira durante a preleção do júri, no Fórum de Santo André.

Terminou por volta das 20h desta segunda-feira o primeiro dia de julgamento de Lindemberg Alves Fernandes, 25 anos, acusado de matar a ex-namorada Eloá Pimentel após mantê-la em cativeiro por cerca de 100 horas.

Nayara Rodrigues, amiga de Eloá Pimentel, foi a primeira a depor e falou por cerca de duas horas. Durante seu depoimento, o acusado foi retirado da sala a pedido da testemunha.

A advogada de defesa, Ana Lúcia Saad declarou que "Nayara mentiu e aumentou alguns fatos em seu depoimento".

Iago Vilera de Oliveira, amigo de Eloá que também foi feito refém, depôs como testemunha de acusação. Durante seu depoimento, Lindemberg esteve no plenário e ouve uma troca de olhares entre os dois.

Além deles, Vitor Lopes, amigo da vítima e refém do acusado e Atos Antonio Valeriano, sargento da Polícia Militar, também foram ouvidos. Segundo Valeriano, Lindemberg Alves atirou para matá-lo. "O tiro passou a 30 centímetros da minha cabeça." Ainda de acordo com ele, o acusado repetia várias vezes que ia "matar todo mundo" e depois se matar.

O julgamento será retomado amanhã a partir das 9h.(Com informações de Elaine Granconato e Cadu Proieti)

Nenhum comentário:

Postar um comentário