Bebê morre após passar quatro horas trancado dentro de carro em Goiás


Esquecido dentro do carro pela mãe, um bebê de um ano morreu em Goiás após ficar cerca de quatro horas trancado. A menina foi encontrada sem vida no início da tarde desta terça-feira (27), na garagem da casa da família, no Parque Santa Luzia, em Aparecida de Goiânia.

Por volta das 13h30, a mãe, Andressa Prado de Oliveira, 26, foi acordada pelo companheiro, Gilney do Carmo Pereira, 20, que perguntou pela criança. Ela respondeu que o bebê estava brincando dentro do veículo. Assim que chegaram à garagem, eles encontraram a criança desacordada.

O casal acionou o Corpo de Bombeiros e a polícia, que constataram a morte às 14h. Após a perícia, o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o soldado da Polícia Militar Wilson Silva, a mãe contou que depois do café da manhã, por volta das 9h, levou a criança para brincar dentro do carro do padrasto. Ela, que está grávida de cinco meses, teria deixado a criança no local e retornado à casa, onde tomou um remédio para enjoo e foi deitar com o companheiro.

Os dois pegaram no sono e só acordaram no início da tarde. Silva afirma que as análises iniciais da perícia apontam para morte por asfixia, já que o veículo estava fechado e sob o sol –já que a garagem não é coberta.

A mãe e o padastro da criança foram levados para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), de Aparecida de Goiânia, para prestar depoimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário