Mudança no Enade já vale para este ano, afirma ministro


O ministro Aloizio Mercadante (Educação) afirmou nesta quarta-feira que o Enade --avaliação federal do ensino superior-- sofrerá alteração ainda neste ano, como forma de evitar fraude no resultado do exame.

Reportagem publicada hoje pela Folha mostrou que uma das possibilidades estudadas pela pasta era a aplicação do exame aos alunos do último e do penúltimo semestre de faculdade.

"Essa mudança resolve o problema que nós identificamos de postergar a formatura de alguns alunos por um semestre, intencionalmente ou não, para poder eventualmente ter um melhor desempenho no Enade", afirmou o ministro após audiência na Câmara dos Deputados.

Segundo ele, a medida permitirá uma "verdadeira avaliação" das instituições de ensino superior. A alteração deverá ser feita por meio de portaria, que será publicada amanhã no "Diário Oficial" da União.

A ação do ministério ocorre após a Unip, uma das maiores universidades do país, ser suspeita de selecionar seus melhores alunos para se submeterem à prova. Durante audiência, Mercadante afirmou que um novo semestre será incluído na avaliação para evitar "procedimento que não assegure a efetiva avaliação dos alunos".

A universidade nega irregularidades e tem que apresentar sua defesa ao ministério. De acordo com a direção da universidade, a melhoria dos resultados nas últimas edições do Enade é resultado das inovações implantadas pela instituição em seus cursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário