Rapunzel carioca vende o cabelão e afirma "recuperei a liberdade"


A carioca Natasha Moraes de Andrade, 12, apelidada de "Rapunzel da vida real" por ter o cabelo apenas 2 centímetros menor que sua altura, que é de 1,59 m, finalmente cortou as madeixas pela primeira vez na vida.

Natasha conseguiu, com a venda do cabelo e doações, arrecadar R$ 9.000 e agora pretende ajudar a família a reformar a humilde casa onde vivem na favela do Vidigal, no Rio de Janeiro.

Sem a vasta cabeleira, a garota afirma ter uma nova vida, sem medos.

“Eu não gostava de sair na rua porque achava que alguém iria tentar cortar meu cabelo. Agora eu recuperei minha liberdade. Estou aprendendo a andar de bicicleta e posso nadar sem medo de molhar o cabelo”, disse ao jornal britânico Daily Mail.

Cortar o cabelo, no entanto, não foi tarefa fácil. “Chorei muito quando cheguei ao cabeleireiro”, revelou.

A mãe da garota, Catarina, também afirmou que o corte do cabelo deu um alívio à família. “Agora podemos, por exemplo, deixar o ventilador de casa o tempo todo ligado. Antes tínhamos medo que o cabelo da Natasha pudesse ficar enroscado nele”, contou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário