João Havelange é internado em hospital no Rio de Janeiro com quadro infeccioso


João Havelange, ex-presidente da CBF e da Fifa, foi internado na noite do último domingo no hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, com um quadro infeccioso. 


O cartola, de 95 anos, deu entrada no hospital no último domingo e está na Unidade Coronária. Nesta tarde, deve ser divulgado o primeiro boletim médico sobre o dirigente.

A assessoria de imprensa do hospital diz que o estado de Havelange é estável. Um dos cartolas mais influentes da história do esporte, João Havelange presidiu a Fifa por 24 anos (de 1974 a 1988), enfrentou inúmeras denúncias de corrupção e é considerado o responsável pela ampliação do alcance do futebol para todos os continentes, em especial a África e a Ásia.



Em dezembro do ano passado, o cartola renunciou ao seu cargo representativo no COI (Comitê Olímpico Internacional) alegando problemas de saúde. Na época, a decisão de João Havelange foi vinculada ao fim de uma investigação do COI sobre o escândalo de corrupção que envolveu a agência ISL e a Fifa. Dirigentes da entidade-mor do futebol mundial são acusados de terem recebido propina da agência na década de 1990.

Segundo a BBC, os cartolas implicados no escândalo são Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF e ex-genro de Havelange, e o próprio João Havelange, que teriam assumido a culpa e devolvido o dinheiro em questão à Justiça suíça. Agora, eles estariam batalhando para que o resultado do processo não seja divulgado.

A investigação do COI tinha como objetivo justamente confirmar se alguns de seus membros estava envolvido. Como João Havelange renunciou, a entidade não pôde divulgar o resultado de sua investigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário