Suspeito de matar cabo da PM no litoral de São Paulo é preso


A Polícia Militar prendeu ontem Leonardo Santos do Nascimento, em Praia Grande (litoral de SP). Ele é suspeito de ter matado um cabo da PM, no dia 24 de junho.

Sargento da PM é morto fora de serviço na zona norte de SP
Grupo ataca base da PM e explode caixa eletrônico no interior de SP
Homem suspeito de matar PM é preso no litoral de SP
Onda de violência chega ao 16º dia em São Paulo

O cabo Augusto Petrônio Oliveira Daniel foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto em Praia Grande. Ele estava à paisana e esperava um pedido em uma pizzaria quando um homem anunciou o roubo.

Ao tentar impedir o roubo, houve troca de tiros entre o militar e o ladrão dentro da pizzaria. O policial perseguiu o ladrão a pé, mas foi atingido por tiros disparados por outro criminoso que esperava do lado de fora da pizzaria.

O suspeito foi levado a 2ª Delegacia Policial de Praia Grande, onde foi declarada sua prisão temporária.

VIOLÊNCIA
Mais um oficial da PM foi morto na tarde de sábado, na zona norte de São Paulo. Com este caso, chegam a sete os policiais assassinados fora de serviço na capital paulista desde o dia 13. No mesmo período, treze ônibus foram incendiados e três bases da Polícia Militar foram atacadas a tiros na cidade.

Um sargento da PM, que não teve o nome divulgado, foi morto enquanto voltava de um jogo de futebol na tarde deste ontem. Há suspeita de tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte).

O crime aconteceu por volta das 17h40. De acordo com a polícia, o sargento estava à paisana em seu veículo, parado em um semáforo da avenida Fuad Lutfalla, próximo à praça Monsenhor Escrivã, no Jardim São José, quando foi abordado por dois suspeitos.

Eles tentaram roubar o carro do policial, um Volkswagen Golf, e efetuaram um disparo quando perceberam que o policial estava armado. De acordo com testemunhas, os suspeitos estavam a pé e saíram correndo em seguida. O tiro atingiu o tórax do policial.

Quando outros policiais chegaram para atendê-lo, ele estava do lado de fora do veículo. Levado para o pronto socorro do Hospital Geral de Vila Penteado, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso será investigado pelo DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Nenhum comentário:

Postar um comentário